E se eu colocar diesel em um automóvel a gasolina?

Autor: 
Marshall Brain

Por duas razões é difícil acontecer no Brasil a situação descrita neste artigo. A primeira é que o auto-serviço no reabastecimento não é permitido aqui, por força de lei federal. É necessário haver frentista. A outra é que não chegamos a ter carros com catalisadores enquanto existiu gasolina com chumbo, ao contrário dos EUA.

Ainda se encontra gasolina com chumbo lá, destinada aos carros mais antigos, que não podem funcionar sem esse componente na gasolina, sob pena de danificar as sedes de válvulas. O chumbo, além de aumentar o octanagem da gasolina, é um lubrificante. Para usar gasolina sem chumbo, as sedes de válvulas precisam ser de material mais resistente.

Por haver nos EUA gasolina com e sem chumbo, os bocais de reabastecimento nos automóveis com catalisador precisaram ter diâmetro menor do que nos sem o equipamento, de maneira a não ser possível colocar gasolina com chumbo em um carro que exige gasolina sem chumbo. Isso porque o chumbo reage com os metais nobres do catalisador e ocorre um grande aumento de temperatura, que faz derreter o núcleo de cerâmica da peça, impedindo que o motor funcione.

Mas o artigo vale a pena porque explica o que acontece quando se coloca diesel em vez de gasolina, mesmo que seja uma possibilidade remota aqui devido às bombas de diesel nos postos ficarem distantes das de gasolina e álcool, em ilhas diferentes. Mas essa separação também costuma haver nos EUA.

Nos Estados Unidos

Vamos supor que você vá a um posto de gasolina e esteja meio distraído. Por exemplo, você está levando seus três filhos e mais três amigos deles ao zoológico e todos eles estão gritando e querendo sorvete. Como resultado dessa distração, você acidentalmente pega a mangueira de diesel em vez da mangueira de gasolina sem chumbo para encher o tanque. O que aconteceria?

bomba de combustível
2007 Microsoft Corporation
Encher o tanque de gasolina com diesel pode ser um inconveniente, mas não destruirá seu carro

A primeira coisa a reconhecer é que essa situação não é possível para a maioria dos carros. Em qualquer carro fabricado nos últimos 25 anos ou mais, há uma placa embaixo da tampa do tanque de combustível que previne tudo que não seja o bico da mangueira de gasolina sem chumbo sirva no tanque.

Quando a gasolina sem chumbo surgiu pela primeira vez, essa placa ajudava a prevenir os motoristas para que não usassem a mangueira de gasolina com chumbo. Os bicos das mangueiras de gasolina com chumbo e sem chumbo eram de tamanhos diferentes, e o da mangueira de diesel é ainda maior, de modo que ele não coubesse no tanque de combustível da maioria dos carros. No entanto, grande parte das motocicletas e caminhões não possui essa placa, sendo fácil cometer esse erro ao se dirigir um desses veículos. Um carro mais antigo também não tem essa placa.

Então, digamos que você, de alguma forma, encheu um tanque de gasolina com diesel. Se você já comparou a gasolina com o diesel alguma vez, então sabe que eles possuem odores diferentes. Eles também são diferentes na consistência: o diesel é mais oleoso. Como o óleo, o diesel não evapora como a gasolina. E o diesel também é mais pesado. Um litro de diesel é cerca de 120 gramas mais pesado do que um litro de gasolina.

diesel fuel gas pump
Cortesia stock.xchng
Muitas bombas de diesel são separadas das bombas de combustível sem chumbo, o que também previne o abastecimento com
o combustível errado

Se você enchesse o tanque com diesel, os injetores de combustível do motor iriam injetar diesel nos cilindros do motor. As velas de ignição disparariam centelhas, mas nada aconteceria depois disso. Como o diesel não evapora muito bem, as velas de ignição não teriam nada para inflamar e o motor não funcionaria.

Para resolver o problema, é preciso drenar todo o diesel do tanque de combustível e reenchê-lo com gasolina. Depois você teria que continuar a acionar o motor de partida por um tempo para retirar todo o diesel da tubulação de combustível e dos injetores. Após isso o motor iria pegar e funcionar normalmente. Não haveria nenhum dano.

Uma pergunta óbvia nessa discussão é: se o diesel não inflama em um motor a gasolina, por que ele inflama em um motor a diesel?

Existem três grandes diferenças entre motores a gasolina e a diesel. A primeira é que os motores a diesel não possuem velas de ignição. A segunda é que eles possuem taxas de compressão maiores. E a terceira é o que o diesel é injetado a alta pressão, mais de 1.000 bars, contra 3 bars nos motores a gasolina. Quando o motor a diesel comprime o ar durante o tempo de compressão, o ar se torna extremamente quente (daí a necessidade da taxa de compressão elevada). O diesel é injetado pulverizado diretamente nesse ar, que está quente o bastante para inflamar esse diesel.