O que os números querem dizer

Autor: 
Karim Nice

Cada seção em letras pequenas no flanco do pneu significa algo.

Para exibição das diferentes marcas no costado, passe o cursor sobre o pneu

Tipo de pneu
O P é uma indicação que se trata de um pneu de veículo de passageiro. Outras designações são LT para camionete e T para temporário, ou estepe.

Largura do pneu
A indicação 235 é a largura do pneu em milímetros (mm), medida de um flanco ao outro. Como essa medida é influenciada pela largura (tala) do aro, a medição se refere a um pneu montado no tamanho de aro certo.

Razão altura/largura ou perfil
Este é o número que informa qual a altura do pneu, desde o talão até ao topo da banda de rodagem. É descrito como porcentagem da largura do pneu. No exemplo, a altura/largura é 75, portanto a altura do pneu é 75% de sua largura, ou 176,25 mm (0,75 x 235 = 176,25 mm). Quanto menor for o perfil, mais largo será o pneu em relação à sua altura.

­
Dois pneus com perfis diferentes mas com o mesmo diâmetro total

Os pneus de alto desempenho geralmente têm um relação perfil menor do que a de outros pneus. Isso ocorre porque os pneus com perfil mais baixo dão maior estabilidade lateral. Os pneus devem suportar as forças laterais geradas pelo carro fazendo uma curva. Pneus com um perfil mais baixo e com flancos mais duros têm mais resistência contra as forças nas curvas.

Fabricação dos pneus
A letra R indica que o pneu foi montado com construção radial. É o tipo mais comum de pneus. Os pneus mais antigos têm construção diagonal (D) ou diagonal-cintada (B) (de belted, em inglês). A quantidade de lonas que compõe o flanco do pneu e a banda de rodagem é indicada por uma outra nota.

Diâmetro do aro
Este número especifica, em polegadas, o diâmetro adequado para o pneu.

Classificação uniforme da qualidade do pneu
Os carros de passageiros também são enquadrados na Classificação uniforme da qualidade do pneu (Uniform Tire Quality Grading-UTQG). A classificação dos pneus junto à UTQG pode ser verificada neste site (em inglês) da National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), nos EUA. A classificação do pneu segundo o critério da UTQG informa os parâmetros discutidos a seguir.

  • Desgaste da banda de rodagem: trata-se de um indicador que vem do teste dos pneus em condições controladas em uma pista de teste do governo. Quanto maior este número, maior será a expectativa de duração da banda de rodagem. Como nem todas as pessoas dirigem seus carros sobre a mesma superfície e com as mesmas velocidades da pista de teste do governo, esse indicador não é capaz de mostrar, com precisão, quanto tempo deve durar a banda de rodagem. Entretanto, tem bom valor relativo, porque o pneu que tenha este número maior deve durar mais do que o que tiver menor.
  • Tração: os pneus se classificam quanto à eficiência da tração em AA, A, B e C, correspondendo AA ao pneu de maior tração. Esta classificação fundamenta-se na capacidade do pneu conseguir parar o carro em pistas de concreto ou asfalto molhadas. Não é indicativa da eficiência do pneu nas curvas. De acordo com o site da NHTSA (em inglês) os pneus que andaram no noticiário, os Firestone Wilderness AT and Radial ATX II, haviam obtido classificação B.
  • Temperatura: os pneus classificam-se quanto à temperatura em A, B e C. A classificação mede com qual eficiência o pneu consegue dissipar calor e como ele procede enquanto está esquentando. A temperatura determinada é aplicada a um pneu adequadamente inflado e que não esteja sobrecarregado. Um pneu com pouca pressão, sobrecarregado, ou em velocidade excessiva, pode desenvolver mais calor. O desenvolvimento de calor excessivo pode facilitar o desgaste e, até mesmo, levar o pneu ao colapso. De acordo com o site da NHTSA, os pneus da Firestone Wilderness AT e da Radial ATX II têm classificação C para a temperatura.

Especificações
Os serviços compõem-se dos dois parâmetros abordados a seguir.

  • Índice de carga: o índice de carga é o número que informa qual a maior carga que o pneu pode suportar. Um número elevado significa que o pneu tem uma alta capacidade de carga. O número "105," por exemplo, corresponde a uma capacidade de carga de 925 kg. A capacidade de carga correspondente a um determinado enchimento do pneu é indicada por uma outra nota.
  • Índice de velocidade: a letra que aparece logo depois do índice de carga indica a velocidade máxima admissível para o pneu (desde que o peso seja igual ou esteja abaixo da carga nominal). Por exemplo, S indica que o pneu pode agüentar velocidades de até 180km/h. Veja o gráfico das classificações nesta página (em inglês).

Cálculo do diâmetro do pneu
Agora que sabemos o que significam os números, estamos em condições de calcular o diâmetro total do pneu. Por exemplo, pneu 235/75-15. Multiplicamos a largura do pneu pelo perfil (em formato decimal) para obter sua altura:

Altura do pneu = 235 x 0,75 = 176,25 mm

Depois adicionamos duas vezes a altura ao diâmetro do aro:

2 x 176,3 mm + 381 mm = 733,6 mm

Este é o diâmetro sem suportar carga e que diminuirá no momento em que o pneu for carregado.