Qual a função do sistema VTEC em um motor Honda?

Se você já tiver lido Como funcionam os motores de carros, certamente deve entender um pouco sobre as válvulas que deixam o ar entrar e os gases queimados saírem do motor. Também  deve entender sobre a árvore de comando que controla as válvulas. A árvore de comando usa ressaltos rotativos que empurram as válvulas para abri-las e permitir que se fechem. A animação de Como funcionam as árvores de comando pode ajudá-lo a entender como a árvore comanda a abertura e o fechamento das válvulas.

Ocorre que há uma estreita relação entre a maneira como os ressaltos são usinados na árvore de comando e o desempenho do motor em diferentes faixas de rotação. Para entender melhor, imagine que estamos fazendo um motor funcionar lentamente a apenas 10 ou 20 rotações por minuto (rpm) e, portanto, o pistão leva segundos para completar um ciclo. Na realidade, seria impossível fazer um motor normal funcionar tão lentamente, mas imagine que fosse possível. Deveríamos usinar a árvore de comando de modo que, assim que o pistão começasse a se mover para baixo no curso de aspiração, a válvula de admissão abrisse e, no momento em que o pistão chegasse em baixo, ela fechasse. Em continuação, a válvula de escapamento abriria no momento em que o pistão chegasse ao fim do curso de combustão e fecharia quando o pistão completasse o curso de escapamento. Isso seria bastante adequado para o motor, desde que ele funcionasse a essa rotação baixa.

Quando você aumenta rotação, no entanto, essa configuração da árvore de comando não funciona bem. Se o motor estiver funcionando a 4.000 rpm, as válvulas se abrirão e fecharão 2 mil vezes por minuto, ou 33,3 vezes por segundo. Quando a válvula de admissão abre bem na parte superior do curso de aspiração, o pistão tem dificuldade para fazer com que o ar se mova para o cilindro no curto tempo disponível (uma fração de segundo). Portanto, em faixas de rotação mais altas, a válvula de admissão deverá abrir antes do curso de aspiração - na realidade ainda no curso de escapamento - de modo que no momento em que o pistão começa a se mover para baixo no curso de aspiração, a válvula já está aberta e o ar será movido livremente no cilindro durante todo o curso de aspiração. Aqui estamos simplificando um pouco para que você tenha uma idéia. Para o máximo desempenho do motor em baixas rotações, as válvulas precisam abrir e fechar de maneira diferente do que em altas. Se o motor tiver um comando bom para baixa rotação, o seu desempenho em alta rotação será prejudicado e vice-versa (e, em casos extremos, poderá ser difícil ligar o motor).

VTEC (Variable Valve Timing and Lift Electronic Control, que significa controle eletrônico da variação dos tempos e levantamento das válvulas) é um sistema eletrônico e mecânico existente em alguns motores Honda que permite que o motor tenha efetivamente vários comandos de válvulas. À medida que o motor entra em diferentes faixas de rotação, o computador do motor pode ativar ressaltos alternados na árvore de comando e alterar os tempos de distribuição. Dessa maneira, o motor tem as melhores características de comandos de baixa e de alta rotação no mesmo motor. se você estiver interessado, os links a seguir mostram como é na verdade o sistema VTEC.

Muitos fabricantes de motores estão testando sistemas que permitirão variabilidade infinita dos tempos de distribuição das válvulas. Por exemplo, imagine que cada válvula tenha um solenóide que pudesse abrir e fechar a válvula sob controle do computador, em vez de depender de um comando de válvulas. Com esse sistema, você obteria o melhor desempenho do motor em cada faixa de rotação. Algo para pensar no futuro...

Esses links o ajudarão a saber mais: